Catarina Vargues Conceição – Psicóloga Clínica


Deixe um comentário

Aqui e Agora

É incrível a facilidade com que nos dispersamos nos nossos caminhos diários, tendencialmente rotineiros, pensando sobre as mais diversas questões.

Aquele percurso, aquela tarefa, aquela acção repetidos centenas de vezes, todos os dias, todas as semanas, como se já o(a)s soubéssemos de cor.

O nosso funcionamento automático sabe-o de cor, poupando-nos algumas chatices, e então reunimos recursos para ir pensando outras coisas enquanto funcionamos em piloto automático.

Há qualquer coisa de eficiente nisto, talvez, às vezes, mas…e se não for?

E se parássemos um pouco?

E se parássemos para reparar, observar mais aquele percurso tantas vezes repetido e, talvez, pouco usufruído?

É tão incrível a facilidade com que nos deixamos guiar por automatismos aprendidos que muitas vezes, muito tempo depois, reparamos naquele pormenor, naquele detalhe que nunca tínhamos visto.

Até nos perguntamos: Mas aquilo já estava ali?!

Grande parte das vezes, a resposta é Sim, já estava.

Mas para estar lá (para Mim), é preciso que Eu veja.

Que Eu pare e Me permita ver o Aqui e Agora.

Experienciar  a vida no aqui e agora é uma forma de cuidar (mais) de si.

Comece agora!