Catarina Vargues Conceição – Psicóloga Clínica


Deixe um comentário

Regresso, rotina e mudança

O regresso pós-férias é, para muitos, um tempo de reorganização e de planos renovados.

Chegado este período, há um retorno aos chamados compromissos e às rotinas, por vezes reinventadas, outras vezes mantidas de forma familiar e desejável.

No entanto, nem sempre este regresso é sentido como acessível. Com ele, há muitas vezes a percepção de que voltam assuntos por resolver ou que estes se agudizaram nas férias, ou ainda que a energia recuperada se esgota rapidamente.

Muitas vezes o regresso aos compromissos é também o regresso ao Eu do dia-a-dia. Ao Eu que pode ser reinventado, ou não, sob a forma de mudanças desejadas nas rotinas, nos planos e nas concretizações.

Frequentemente, queremos mudar, mas não sabemos como começar ou podemos até sentir que um ‘pé’ quer mudar e outro não quer.

Na rotina ou na mudança, a questão é: Quão comprometido está consigo mesmo?

Nestas situações, saiba que um Psicólogo o pode ajudar.


Deixe um comentário

Stress e ansiedade, para que vos quero?

O stress e a ansiedade estão presentes, ou mais ou menos, em algum momento, na vida de todas as pessoas.

Pode ser o stress laboral ou familiar, podem ser as preocupações e a ansiedade face ao futuro. Todas elas podem ainda misturar-se e interagir num todo, muitas vezes difícil de gerir.

Por vezes, precisamos de ajuda. 

E podemos encontrá-la.

Dinâmica de grupo – STRESS E ANSIEDADE, para que vos quero?

Saiba mais em Grupo Stress/Ansiedade

INSCREVA-SE p/ catarina.conceicao@clinicadashoras.pt 

 


Deixe um comentário

Stress

O stress está nos afazeres do dia a dia, nas expectativas e planificações, na gestão e no contra-relógio.

Quando assim é, sentimo-nos como que carentes de alguns alimentos psicológicos importantes.

Quando uma determinada situação nos parece mais exigente, em tempo ou competências, do que a resposta que julgamos poder dar, sentimo-nos stressados.

Muitas vezes esta experiência surge porque nos sentimos assoberbados com demasiadas tarefas. Outras vezes porque julgamos a situação como mais ameaçadora do que, depois, esta se revela.

Nestas situações, podem estar em falta vários alimentos psicológicos, como o tempo para si, a segurança, os limites e a negociação com os outros.

Por vezes, a experiência de stress é pontual, podendo no entanto e outras vezes tornar-se frequente e corrosiva do nosso bem-estar.

Quando assim é, é importante a tomada de consciência dos alimentos que necessitamos e faltam, de momento, no nosso “prato”.

Na composição deste “prato”, é importante introduzir ou reforçar alimentos em quantidade e qualidade adequadas a si. 

No entretanto da correria dos dias, também a consciência e a reflexão podem parecer difíceis de conciliar ou dolorosas de pensar.

Saiba por isso que um Psicólogo Clínico o pode acompanhar nessa jornada de ponderação e tempo de respiração.

 


Deixe um comentário

Férias

Nesta época do ano em que muitos estão de férias, há certos alimentos psicológicos que adquirem uma relevância extra.

Alimentos como o tempo para si, o estar no momento ou a pertença.

Aproveite as férias para fruir esse tempo de maior lazer, tranquilidade e também de maior plenitude na experiência do dia a dia.

Apesar destes alimentos serem importantes todo o ano, esta poderá ser uma época em que está mais disponível para ensaiar pratos (mais) nutritivos, ajustados às suas necessidades.

Pratos que possa, depois, levar para o regresso ao activo, integrando como estilo de vida certos alimentos psicológicos esquecidos ou desvalorizados.

Por vezes, surge a dificuldade em sair do burburinho ou em lidar com as fontes de stress, em período de trabalho ou mesmo na época de férias.

Quando assim é,  saiba que um Psicólogo Clínico o pode ajudar.